Início > cinema, Comics, FUCK YEAH!, Homem-Aranha, iron man, Marvel, NERD/GEEK, Séries, Sci - Fi, Star Wars, The N.A.R.K. Chronicles, True Blood, Vampiros, WTF?!? > The N.A.R.K. Chronicles: True Blood, Disney/Marvel, POWER e Cuba

The N.A.R.K. Chronicles: True Blood, Disney/Marvel, POWER e Cuba

por Gabriel Caldas

É o seguinte, a idéia do blog sempre foi fazer de mostrar as novidades no mundo que interessa a gente, mas diferente dos sites de noticias, aqui teria o nosso ponto de vista sobre aquela novidade, fora também aproveitar o espaço e falar de nossas loucuras. Então aqui vai um dos experimentos, o The N.A.R.K. Chronicles.

Sem dormir. A madrugada de domingo não me deixou com cabeça para o sono, o PC não funcionava e só depois de uma luta ele ligou para me mostrar que nada de importante havia acontecido naquele dia. A mente não sossegou no travesseiro e os olhos se fechavam em repetições sem motivo. A espera pelo penúltimo episódio de True Blood foi em vão, os malditos não jogavam no site. Aqui no PC eu via o tempo passar e nada do sono chegar. As 7:15 finalmente aparece torrent e tento dormir. Meio dia, canso da luta e resolvo levantar em direção ao café da manhã de segunda, sem a menor vontade de comer e estranhamente disposto, então o café foi o choque, a bomba gama para o meu Bruce Banner. A sensação de disposição fica muito mais forte. Impaciente com nada especifico. Resolvo correr, 30 minutos e sem sinal de cansaço. Só querendo mais. Os olhos correndo para todos os lados, sem fome, sem sono mesmo sem ter dormido realmente em 2 dias.

Volto ao PC sem grandes esperanças só para ver a bomba ecoando pelo twitter. Marvel comprada pela Disney. Não entre em Pânico! Isso só pode ser uma brincadeira. Joe Quesada diz que não, Warren Ellis tira sarro e vejo em todos os lugares que Mickey e Homem Aranha moram sobre o mesmo teto do castelo da Cinderela na Disney. Estava sem cabeça para pensar o quanto isso era bom ou ruim, só piadas de Pato Donald e Howard e como eles vão se encontrar em uma história vergonhosa, os Jonas Brothers entrando para o Young Avengers e um diálogo bizonho com o Homem-Aranha duvidando de sua sanidade ao ter uma conversa com o rato Mickey.

Na universidade tudo que eu menos queria era aula, Yasmin estava com o Mac e toda e qualquer piada visual de sites bizarros eram mais cativantes do que o fato de um “ser humano” que estava em nossa frente realmente tentando nos matar de tédio e sugar as nossas almas fingindo dar uma aula. No intervalo o meu amigo Leandro chega com as palavras mágicas “Hey, vamos beber?”. HOORAY, e a Montila com Coca Cola abre a debate de como o cinema e arte em geral está condenada ao fracasso quando os artistas estão felizes. Lucas fez os Ewoks para a filha e Jar Jar Binks para o filho, todos nós sabemos como isso terminou. Spielberg tirou as armas da mão dos policiais em E.T. chamando a atenção para as armas que ninguém tinha visto antes!

Sobre comédias românticas: Você tem que contar uma história, existe dois modos, se for sobre um personagem, existe romance, por que o amor independentemente do quanto piegas for constatar, é o ponto da felicidade para qualquer um. Agora se você não quiser isso, é um drama e não tem outro jeito. Alta Fidelidade sendo o melhor exemplo de comédia romântica não clichê. (mesmo que o Tiago diga que não).

Sobre aulas: “Você não estaria dentro da sala de aula se não fosse obrigado certo? Você está aqui por que quer, então aqui fora é a sua vida. Lá dentro é a sua obrigação. Logo se você bebe nos finais de semana, essa é a sua vida por que é o que você faz por prazer”. Momentos filosóficos sobre o álcool com Gustavo.

Voltando pra casa ainda me sentindo o Tony Stark com a célula de energia no meio do peito foi só o ponto de chegar em casa e assistir True Blood extasiado em um episódio que só faz crescer a expectativa para o final da temporada mostrando Evan Rachel Wood sensacional como a Rainha.

“There’s no Bad or Time for that matter”. Eu entendo você perfeitamente alteza.

Seja em busca de algo ou se surpreendendo com as mudanças ao redor, nada para e nada é realmente ruim. Só existe o fato que estamos indo em frente. É melhor se divertir com o volante em direção daquilo que você quer, antes que a gasolina acabe na frente da Morte fazendo sinal para lhe dar uma carona.

Anúncios
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: