Archive

Archive for the ‘TV’ Category

E aqui vamos nós outra vez

 

 

 

Esta semana marcou o início da produção da terceira temporada de Community, a série mais legal de todos os tempos. E para dar aquela maravilhosa boas vindas aos atores nada melhor do que maravilhosas palavras de conforto e incentivo, por isso, os produtores da série prepararam esta faixa que foi devidamente fotografada e compartilhada para nós.

Se você não entendeu eu lamento, já que piada explicada perde a graça. Só digo que com esse cartaz eu já ri mais do que todos os episódios que eu assisti de The Big Bang Theory.

Categorias:AWESOME!, FUCK YEAH!, TV Tags:

Julia Stiles em Dexter

Segundo o Omelete e a Entertainment Weekly Julia Stiles deverá ter um grande papel na quinta temporada de Dexter. Segundo informações a atriz está em negociação avançada para participar de uma das melhores séries da TV atualmente e não se sabe ainda qual será seu papel.

Depois de uma brilhante atuação de John Lithgow na quarta temporada, Dexter mostra que a participação de atores de peso continua.

Categorias:TV Tags:,

True Blood – Promo da 3° temporada.

Uma forma de fazer teaser para a temporada e propaganda para a bebida que está a venda. Boa jogada HBO. Boa jogada mesmo!

A nova temporada chega em Junho nos EUA. (E no site de torrent mais perto do você!)

Categorias:AWESOME!, FUCK YEAH!, Séries, TV Tags:

Novo promo de Lost

Enquanto 2 de fevereiro não chega, experimentamos um período insano de promos de Lost. Sem cenas da nova temporada, a ABC tem que se virar, muitas vezes com um resultado não muito legal. Esse é o 10 vídeo de divulgação da última temporada e é o melhorzinho de todos, com um rápido previously in Lost. Apesar de dar um friozinho na espinha com o vídeo e uma certa nostalgia por estar acabando, ele ainda não é melhor do que esse aqui.

A última temporada de Lost começa dia 2 de fevereiro na ABC (EUA) e quase colado no dia 9 de fevereiro na AXN (Brasil).

Séries vem e vão, na velocidade da luz.

Anteriormente comentei aqui que o Universal Channel começou a passar episódios inéditos de suas séries o mais rápido possível, ficando apenas algumas semanas atrasado em relação ao original americano. De lá pra cá a Sony também seguiu o caminho e já podemos assistir as novas temporadas de Grey’s Anatomy e Desperate Housewives, que chegam poucos meses depois, aqui no Brasil. Agora foi a vez do AXN, que resolveu chutar o balde totalmente e anunciar que vai passar os episódios da última temporada de Lost apenas uma semana depois deles irem ao ar nos EUA. Notícia maravilhosa não é mesmo?

Tal medida visa claramente resgatar o interesse de quem assiste séries a acompanhá-las novamente pela televisão, já que a maioria das pessoas preferem baixar as séries pois assim pode assistí-las a hora que quiser, em um tempo mais rápido (alguns casos o episódio legendado já está disponível no dia seguinte a exibição americana) e com legendas bem melhores do que as da tv a cabo. É louvável essa tentativa das emissoras de procurarem formas de trazer o público a assistir tv. A única que parece não se importar muito é a FOX, que continua passando as séries com uma dublagem morta de porca, como se eu quisesse ver o Jack Bauer com voz de vendedor de cachorro quente. Pra isso eu já tenho a globo e não tenho que pagar nada!

Categorias:FUCK YEAH!, TV Tags:,

The Kanye West situation

Depois de ter seu espírito destruído por Darth West, Taylor Swift busca sua redenção com uma dobradinha: ela irá apresentar e cantar no Saturday Night Live dessa semana, nos Estados Unidos, claro. Abaixo você vê um vídeo contendo as chamadas para o programa do sábado, com direito a piadinha da Kanye West situation.

Pra quem não saca inglês, pode ver o vídeo legendado, só da piada do Kanye West clicando em qualquer lugar dessa frase.

Não entendeu? Clique aqui.

Californication, ato 3.

californication

“Eu te odeio”.

“Eu também, seu pedaço de merda.”

O fato de esse ser um diálogo entre pai e filha adolescente e a segunda frase ter saído da parte paternal da conversa, faz com que Californication seja a coisa mais legal, suja e pervertida de se ver na TV ultimamente.

A terceira temporada já teve seus quatro primeiros episódios lançados, portanto, inevitavelmente vou falar coisas que já aconteceram, então como diria o presidente aqui do blog: você foi avisado.

Uma primeira olhada poderia deixar os fãs temerosos. Hank Moody (Duchovny cada vez mais perfeito nesse papel, chega a assustar) está longe de Karen e a Mia foi fazer a turnê de promoção do seu livro roubado (na verdade ela foi mesmo beijar lésbicas mutantes em Heroes).  Isso poderia  causar sérios danos à narrativa sexualmente tensa da série, que dependia muito dessas duas personagens.

A solução brilhante? Hank Moody agora é professor, e como não podia deixar de ser, tenta comer sem dó todas as suas alunas. Pertinente, real e perfeito.

Por sinal, é nesse arco da história que rolam uma das cenas mais engraçadas desse reinicio de série. Um personagem tirado diretamente da atual insuportável onda de vampiros emos iniciada por Crepúsculo: o aluno viciado em contos das criaturas da noite que tenta cometer suicídio após Moody, gentilmente, avaliar seus contos. “O mundo não precisa de merdas como Crepúsculo”. Eu juro que abraçaria o roteirista que colocou essa frase na boca de Moody. Simplesmente sensacional.

Igualmente hilária continua a saga de Charlie Runkle, uma espécie de versão drogada de George Costanza. O poço dele parece não ter fim depois de tentar namorar uma atriz pornô, perder a mulher no processo e ainda perder o emprego e virar chacota por se masturbar diariamente no trabalho. Bem, só parece. O cara agora trabalha por comissão e tem uma chefe tarada na casa dos 60 anos que o assedia diariamente. É mole?

Aliás, falando em idosas na TV, lembra do comercial da Havaianas que foi tirado do ar porque uma velhinha fala “sexo”? Bem, fico pensando o que a conservadora TV brasileira acharia quando a chefe de Runkle, no alto de seus 60 anos, diz que sua posição sexual favorita é 69 de pé.

Por essas e outras, reafirmo: Californication é a série mais engraçada da atualidade e para mim, David Duchovny não é sinônimo de Fox Mulder há muito tempo.